Fonte: Redação

PM prende mulheres acusadas de furtos e recupera objetos em Realeza


Duas ações da Polícia Militar em Realeza na tarde desta terça-feira (17) resultaram na prisão de três mulheres e apreensão de uma menor de idade acusadas de furtos.

A primeira ocorrência aconteceu às 15h30, quando uma funcionária da Prefeitura Municipal de Realeza acionou os policiais devido seu celular ter sido furtado por uma mulher que foi atendida por ela.

Durante buscas, os policiais localizaram a acusada na esquina das ruas Belém e Nilo Peçanha, ela foi identificada como Clarice Hanoff, 40 anos.

A acusada disse aos policiais que deixou o aparelho na casa de uma amiga, no Bairro Araxá. Os policiais foram na residência indicada, onde Magali Fernanda da Rocha Pinheiro, 22 anos, entregou o celular.

A capa de proteção do aparelho foi deixada na rua próximo ao Ginásio Municipal do Bairro Primavera.

A acusada foi identificada pela vítima. Clarice foi presa pelo furto, e Magali por receptação, ambas foram encaminhadas a Delegacia da Polícia Civil de Realeza.

A segunda ocorrência ocorreu às 16h20, quando a proprietária de uma loja de roupas no Centro de Realeza entrou em contato com os policiais militares dizendo que duas mulheres furtaram algumas peças depois de saírem do provador.

A dupla acusada foi localizada pelos policiais na esquina das ruas Arnaldo Busato e Antonio Ciechanowski, sendo identificadas como Enir da Silva de Almeida, 33 anos, e uma adolescente de 17 anos.

Na bolsa de Enir foram encontradas as roupas furtadas, sendo nove blusinhas, calças e shorts femininos. As peças e acusadas foram reconhecidas por proprietários e funcionários de duas lojas de Realeza e uma de Santa Izabel do Oeste.

Após o registro do boletim de ocorrência no Pelotão da PM, ambas acusadas foram encaminhadas a Delegacia.


Fotos da PM Realeza

Compartilhe: