Fonte: Assessoria/Prefeitura

23-11-2015


Hackers invadem e bloqueiam sistema interno da Prefeitura de Realeza


Os servidores da Prefeitura de Realeza (PR) foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira (23), quanto iriam iniciar seus trabalhos. 


Hackers invadiram o sistema interno do município e todas as atividades do setor de contabilidade, tributação e licitação estão travados. 


Para ter acesso a sistema é necessário uma senha. Por uma mensagem em inglês, o grupo pede um "resgate" de três mil dólares. 


De acordo com um técnico no setor, mesmo que o pagamento fosse feito não há garantia que os arquivos sejam liberados. 


O prefeito Milton Andreolli, descartou totalmente a possibilidade de pagamento, “registramos um Boletim de Ocorrência junto a Delegacia de Policia de Realeza, que fará o comunicado a Delegacia de Crimes Cibernéticos em Curitiba e aguardaremos as recomendações que serão repassadas pelas autoridades competentes”, conclui o prefeito. 


Especialistas em direito digital, dizem que crimes assim têm se tornado comum e cada semana surgem novos casos, e mesmo as empresas que fazem backup não estão livres destes hackers. Nesse caso há dois crimes, invasão de dispositivo informático, mais extorsão de dinheiro. 


A pena para extorsão é prisão de quatro a dez anos. Já o outro crime tem pena de reclusão de três meses a um ano, mais multa.

Compartilhe: