Fonte: Redação

17/12/2015


Comunidade de São Roque comemora o Jubileu de Prata do padre João Pedro Fauro


No domingo, dia 06 de dezembro de 2015, a comunidade de São Roque, em Realeza, preparou uma grande festa para receber o padre João Pedro Fauro, que completou 25 anos de vida sacerdotal.

A confraternização iniciou com café da manhã aos convidados que vieram de várias cidades do Paraná, Mato Grosso, Santa Catarina e outras comunidades. 


Às 10 horas foi celebrada missa de Ação de Graças, junto com o padre Silvano Surmacz que completou 25 anos de sacerdócio em 08 de dezembro de 2015, padre Jorge Luiz de Oliveira, reitor do Seminário Nossa Senhora Aparecida, que completou cinco anos de sacerdócio no dia 11 de dezembro de 2015, e o padre Adriano Sacardo, que completa dia 16 de dezembro de 2015 nove anos de sacerdócio; junto com ministros, seminaristas, a presença da mãe do padre João Pedro, dona Maria Fauro, e de sua primeira professora Alice Eugenia Decarli, e de toda a comunidade. 


Fez-se a leitura de uma carta enviada pelo Superior Provincial Cavanis Padre Edemar de Souza. O padre João Pedro também recebeu da Câmara de Vereadores de Realeza, homenagem de Moção de Aplausos pelo reconhecimento de seu trabalho em prol da comunidade, de autoria do vereador Selmar de Cesaro (Pezão) com a aprovação dos demais vereadores.

A festa encerrou com almoço e confraternização.


Histórico do padre João Pedro Fauro


João Pedro Fauro nasceu em Espumoso (RS) no dia 19 de outubro de 1960. Filho mais velho do casal de agricultores Maria e Ângelo Fauro. Iniciou os estudos aos sete anos ainda no Rio Grande do Sul na Escola da Comunidade 13 de maio. 


Em 1970 a família mudou-se para Realeza, onde João Pedro concluiu os estudos primários em São Roque e o ensino fundamental em Sertaneja. 


Ainda na adolescência demonstrou interesse na vida sacerdotal, recebendo uma visita do Padre Marcelo. Mas por ser o mais velho de quatro irmãos seus pais precisavam de sua ajuda para garantir o sustento da família, não permitindo que ele fosse para o seminário naquele momento.


Passaram-se dois anos e João Pedro sentia-se cada vez mais atraído e convencido de sua vocação, em 1980 começou a participar de encontros vocacionais coordenados pela Irmã Zezé e o Padre Celestino onde percebeu o chamado de Deus e a certeza em seu coração de que seria um soldado de Cristo. 


Dessa vez não houve empecilho e seus pais permitiram sua ida ao seminário. No ano de 1981 ingressou no Seminário Cavanis em Castro (PR), onde cursou o ensino médio adaptando-se muito bem, vivendo ali por três anos.


Em 1984 fez o noviciado em Ponta Grossa (PR). Onde pode dedicar-se a reflexão da palavra de Deus. Nos anos de 1985 e 86 cursou Filosofia no Instituto de Filosofia e Teologia Mater Eclesiae, em Ponta Grossa (PR). 


Em 1987 recebeu o ministério do leitorado em Belo Horizonte (MG) onde recebeu da igreja e de Deus a confiança e o dom para a proclamação da palavra na assembleia litúrgica. Ficou em Belo Horizonte até 1991, cursando Teologia na (PUC) Pontifícia Universidade Católica. 


Foi ordenado sacerdote no dia 09 de dezembro de 1990 em Realeza, dando sua resposta definitiva à vida sacerdotal e religiosa.


Trabalhos executados 


1991-94, trabalhou na formação de novos sacerdotes e ajudando na Paróquia Nossa Senhora de Fátima em Ponta Grossa. 

Em 1995 a 1997, na Paróquia São Judas Tadeu em Castro na Casa de Retiro Cenáculo Cavanis, Casa Menor e Seminário de Castro. 

De 1998 a 2000, na Paróquia São Paulo Apóstolo, em Celso Ramos Santa Catarina. 

Em 2001 a 2003, na Paróquia São Mateus do Sul, Paraná. 

Em 2004 a 2010, na Paróquia Santa Luzia em Novo Progresso (PA). 

Em 2011 a 2014 na Paróquia Nossa Senhora do Rosário em Guarantã do Norte (MT), Diocese de Sinop (MT). 

Atualmente em 2015 trabalha na formação de novos Sacerdotes no Seminário Propedêutico São José da Diocese Sagrado Coração de Jesus Sinop (MT).  


Compartilhe: