Fonte: Redação

30/03/2016


PM apreende adolescentes após furto em residência em Realeza


Na terça-feira, 29 de março, por volta das 15 horas, policiais militares de Realeza em patrulhamento pela Rua Nilo Peçanha esquina com a Rua Sargento Ramiro da Silva, Bairro Padre Josimo, avistaram duas pessoas em atitude suspeita, onde uma delas ao perceber a viatura tentou esconder em um mato próximo, uma sacola plástica com alguns objetos.

Os policiais realizaram abordagem, onde os suspeitos se identificaram como sendo um menor de 17 anos, e outro menor de 14 anos, ambos sem documentos de identificação.

Nos bolsos de menor de 17 anos foi localizado um aparelho Iphone de cor prata, uma carteira de cigarro da marca Fox, um avio da marca Bic de cor verde e a quantia de R$ 68,39, distribuídas em diversas notas e moedas.

Junto com o menor de 14 anos foram encontrados em seus bolsos um celular da marca Sony Ericsson de cor preta e um celular da marca Samsung de cor preta com amarelo.

No chão foi localizado um cofrinho de dinheiro de cor azul com amarelo. Já em meio aos arbustos foi localizada uma sacola plástica a qual continha uma sacola de papel, um perfume, um relógio da marca Rolex com pulseira de cor preta, uma maquina fotográfica digital da marca Samsung de cor prata, um fone de ouvido da marca Nokia, um cartão de memória Kingston 2 GB e uma lanterna pequena de cor preta.

Os menores foram questionados pelos policiais sobre a origem dos objetos, sendo que confessaram terem furtado em uma residência no bairro São José.

Através dos contatos de um dos celulares, foi conversado com a proprietária dos objetos, a qual estava trabalhando e desconhecia o furto em sua residência.

A vítima compareceu no Pelotão de Policia Militar e reconheceu todos os objetos recuperados, posterior foi até a sua casa e presenciou o arrombamento da grade de uma de suas janelas, danos em partes do forro, pois os quartos estavam fechados e os menores entraram pelo forro, e ainda a vitima relatou que sua residência estava toda revirada.

Os menores foram apreendidos, e acompanhados pelo Conselho Tutelar foram entregues na Delegacia de Policia Civil de Realeza, junto com os objetos recuperados.

Compartilhe: