Fonte: Assessoria

09/05/2016



Os representantes das quatro entidades macro envolvidas na elaboração do Programa Compra Sudoeste estiveram reunidos na quarta-feira (27) na sede da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) para detalhar os termos finais do programa. A idéia é que possa ser implantado nos próximos meses, beneficiando as micro e pequenas empresas da região.

Participaram da reunião o presidente da Amsop, prefeito de Marmeleiro Luiz Bandeira; o representante da gerencia regional do Sebrae, o consultor Gerson Miotto; o integrante da diretoria da Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste, Antonio Pedron; o representante da Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Sudoeste do Paraná (Cacispar) Jair dos Santos, além do secretário-executivo da Amsop José Kresteniuk e o consultor do Sebrae Eberson Tibes.

De acordo com os coordenadores o encontro alinhou questões para a posterior implantação das medidas que possam favorecer o desenvolvimento econômico e social da região. A parceria das entidades pretende fomentar e potencializar a implementação da Lei Geral dos municípios visando a melhoria do ambiente de negócios para o microempreendedor individual, microempresas e empresas de pequeno porte.

Serviço

Para conceder este beneficio o Compra Sudoeste vai propiciar, entre tantos outros itens, um portal com cadastro eletrônico dos fornecedores com potencial para atender as compras públicas no Sudoeste; estabelecer regras em consonância com a legislação que possam habilitar essas microempresas em se enquadrarem aos editais de forma mais simplificada; facilitar a comunicação e avisos das compras públicas, e viabilizar a construção do planejamento anual das compras dessas entidades. A pretensão é que neste ano ainda possa haver um aumento de pelo menos 10% no número de fornecedores dentro desse perfil.

Miotto entende que o Compra Sudoeste é um marco para o desenvolvimento das pequenas empresas da região e que o Sebrae dará todo suporte para sua implantação. Na opinião do presidente da Amsop o programa vai fortalecer as empresas e a própria comunidade do Sudoeste. “Penso que o Compra Sudoeste vai dar mais oportunidade para as pequenas empresas dos municípios da região e com isso fazer com que os recursos possam girar aqui e não ir para outros estados como acontece hoje em boa parte das licitações”, frisou Bandeira.

Compartilhe: