Fonte: Redação

21/05/2016


Polícia Militar apreende 180 caixas de cigarros contrabandeados em Realeza


Na tarde de sexta-feira (20), às 15h40, policiais militares receberam denúncia anônima de que numa retifica em Realeza estaria um caminhão Mercedez Benz, realizando serviços no local, e que estaria carregado com cigarros.

No local os policiais encontraram o caminhão, e identificaram o proprietário e condutor do veículo, sendo Dionei Corazza, 47 anos. Aos PMs ele disse estar carregado de sementes, e quando pedido para que tirasse a lona para que a equipe vistoriasse a carga, o motorista tentou fugir pelo interior da oficina, sendo trazido novamente para próximo do caminhão, onde ao tirar a lona foi visualizada a carga com cigarros oriundos do Paraguai, com aproximadamente 180 caixas.

O motorista quando percebeu que seria preso tentou subornar os policiais, oferecendo a quantia de cinco mil reais para que a equipe da PM liberasse o caminhão.

O homem foi preso pelos crimes de corrupção ativa e contrabando ou descaminho. Ele informou aos policiais que comprou a carga no Paraguai por cerca de R$ 300,00 a caixa, e que levaria para a cidade de Tapera (RS).

Em vistoria ao caminhão, os militares não conseguiram visualizar a numeração do chassi que provavelmente foi suprimida e o veículo encontra-se com placas de um caminhão de cor azul de Hulha Negra (RS).

No interior do caminhão foi localizada a placa verdadeira, sendo de Santa Bárbara do Sul (RS). O motorista disse aos policiais ainda que as outras placas seriam de um caminhão, também de sua propriedade, e que este estaria batido.

O preso, cigarros e caminhão foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Cascavel.

A apreensão foi realizada pelo 2° tenente Taguchi, soldados Ederson e Azevedo, equipe da 4ª Companhia com sede em Capanema.

 

Compartilhe: