Fonte: Assessoria

27/06/2016


Acadêmicos da UFFS fazem oficinas de aprendizagem na APAE de Realeza


Os acadêmicos do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza ministraram "Oficinas de Aprendizagem" para os alunos da APAE de Realeza. A atividade aconteceu na tarde desta segunda-feira (20) e também será feita na manhã de terça-feira (21). As oficinas são uma nova proposta de avaliação dentro do Componente Curricular de Educação Especial na perspectiva da inclusão.

A iniciativa envolve os acadêmicos da 7ª e da 10ª fase do curso, que  são responsáveis por ministrarem os conteúdos sobre higiene e saneamento básico, reaproveitamento do lixo, sexualidade, diversidade cultural e dengue e suas consequências. O objetivo é aproximar os acadêmicos da realidade de aprendizagem da pessoa com deficiência.

De acordo com a professora do Componente Curricular, Cristiane de Quadros, a proposta das oficinas busca possibilitar o contato com os alunos com deficiência. "Quando forem para as escolas do ensino regular, os acadêmicos da UFFS receberão alunos em processo de inclusão. Essa aproximação contribui para que os futuros professores tenham um olhar diferente, na perspectiva de que os alunos com algum tipo de deficiência têm habilidade e competência para aprender", explicou.

A diretora da Escola Primavera – Modalidade Educação Especial (APAE/Realeza), Graziane Kurtz, falou sobre a importância das oficinas. "Essa experiência é importante, pois mais tarde os acadêmicos terão contato com pessoas com deficiência e, assim, já saberão como lidar. A partir desse trabalho, eles terão uma breve noção do que é trabalhar com a pessoa com deficiência, quais são suas habilidades, capacidades e dificuldades", salientou.

Compartilhe: