Fonte: Assessoria Amsop

09/01/2017



O prefeito de Coronel Vivida Frank Ariel Schiavini (PMDB) foi eleito por aclamação - e empossado - na manhã desta sexta-feira (06) como o novo presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop). Ele assume no lugar do ex-prefeito de Marmeleiro Luiz Bandeira. Schiavini fica no cargo até o final do ano, quando da nova eleição.

A vice-presidência ficou com o prefeito de Santa Isabel do Oeste Moacir Fiamoncini (PSDB). A eleição de Schiavini mantém a tradição da Amsop em ter alternância de presidentes entre os municípios da microrregião de Pato Branco e Francisco Beltrão.
Ainda fazem parte da diretoria o 1º secretário, o prefeito de Bom Jesus do Sul Cezar Bueno; o 2º secretário, o prefeito de Chopinzinho Alvaro Scolari; o 1º tesoureiro, o prefeito de Nova Esperança do Sudoeste Jair Stang; e o 2º tesoureiro, o prefeito de Sulina, Paulo Horn. No Conselho Fiscal assumiram o prefeito Neuri Gehlen, de Mariópolis; Altair Gasparetto, de São João, e Milton Anderolli, de Realeza. Como suplentes ficaram Raul Isotton, Dois Vizinhos; Nilson Feversani, Bom Sucesso do Sul, e Jaimir Gomes da Rosa, de Marmeleiro.

Comissões

Na assembleia também foram definidas as diretorias das Comissões Temáticas da Amsop, que agora permanecem por quatro anos, podendo haver alteração na presidência. A Comissão de Agricultura e Meio Ambiente será comandada pelo prefeito de Pérola D´Oeste Nilson Engels; a Comissão de Educação Cultura e Esporte ficou com o prefeito de Marmeleiro Jaimir Darci Gomes da Rosa; a Comissão do Municipalismo e Desenvolvimento Regional com o prefeito de Pato Branco Augustinho Zucchi; a Comissão de Saúde e Ação Social ficou com o prefeito de Salgado Filho Helton Sfeifer, e a Comissão de Turismo com o prefeito de Cruzeiro do Iguaçu Dilmar Turmina.
Foram chamados para a mesa de honra o presidente Schiavini, o deputado federal Assis Miguel do Couto, o ex-prefeito Bandeira, o ex-prefeito de Santo Antonio do Sudoeste que continua até março como presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) Ricardo Ortinã, e os prefeitos Zucchi, Fontana e Fiamoncini.

Sai

Bandeira em seu discurso de despedida agradeceu a parceria dos prefeitos em manter forte a união da entidade. Também reiterou a importância da Amsop para a região e para os municípios. “Só tenho é que agradecer pelo apoio que recebi dos prefeitos e da nossa equipe da Amsop, que muito contribui para o desenvolvimento do Sudoeste. A entidade é uma referência muito grande e espero um dia poder contribuir novamente para seu fortalecimento”, disse o ex-presidente que agora se dedica somente ao setor privado.

Entra

O novo presidente reforçou a relevância da Amsop e demostrou entusiasmo e satisfação em ser conduzido ao cargo. “Agradeço a confiança e o apoio dos prefeitos por aceitar chapa única e espero atender as expectativas. A Amsop é sem dúvida a maior entidade municipalista do Sudoeste e a mais atuante do Estado, e por isso tem contribuído em muito para conquistas e ações. Para darmos continuidade a esse trabalho peço empenho e participação dos prefeitos para sermos cada vez mais forte. Temos grandes desafios e sabemos que só venceremos se todos derem as mãos. Estou me doando pela entidade por que sei que a Amsop representa a região e é assim que temos que agir, de forma conjunta”, afirmou Schiavini em seu primeiro discurso como presidente.

21 medidas

Após a posse dos prefeitos a pauta se voltou para a realidade econômica das prefeituras e mediante o cenário foi aprovado acatar - conforme as condições e necessidade de cada município - as 21 medidas de contenção de despesas sugeridas pela Amsop, salvo o item 1. Este trata especificamente da Data Base dos servidores, sugerindo a suspensão da reposição, que para muitos municípios ocorre ainda em janeiro.

As discussões avançaram e muitos prefeitos colocaram suas interpretações e sugestões, e inclusive chegou-se ao passo de uma decisão conjunta sobre o tema. O prefeito Zucchi sugeriu que fosse suspensa a aprovação da Data Base até maio, mas que só teria força se fosse em conjunto. Como não houve unanimidade e muitos prefeitos estão preocupados com a repercussão se tomarem a medida, foi marcada uma reunião para se tratar especificamente sobre o assunto. O encontro será na próxima terça-feira (10) na Amsop, a partir das 17h.

ARSS

Na oportunidade ainda foi realizada Assembleia Geral Extraordinária para posse da nova diretoria da Associação Regional de Saúde do Sudoeste (ARSS) que administra o Centro Regional de Especialidades (CRE) da microrregião de Francisco Beltrão. O então presidente, o ex-prefeito de Ampere Helio Alves passou o cargo ao prefeito de Bom Jesus do Sul Cezar Bueno, que tem como vice-presidente o prefeito de Francisco Beltrão Cleber Fontana.

Compartilhe: