Fonte: Redação

02/02/2017



A Polícia Militar de Realeza foi acionada por volta das 01h40, da madrugada desta quinta-feira (2), pelo solicitante que informou sobre furto de seu veículo Ford/Escort Hobby, cor prata, placas CAD-3898 de Realeza.

Os policiais se deslocaram ao local informado, no Bairro Padre Josimo, onde a vítima relatou que seu veículo apresentava problemas na partida, momento em que um homem de estatura mediana, branco, cabelos médios castanhos encaracolados, ofereceu ajuda para dar “tranco” no veículo.

O homem sentou no banco do motorista e o solicitante empurrou, fazendo com que o veículo funcionasse, sendo que em ato contínuo o homem acelerou bruscamente o veículo e tomou rumo a saída para a cidade de Santa Izabel do Oeste.

A PM acionou os municípios vizinhos, e realizou diversas buscas visando localizar o carro, porém não foi logrado êxito. Foi confeccionado o Boletim de Ocorrência e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil para os demais procedimentos de praxe.

Santa Izabel do Oeste

Em Santa Izabel do Oeste, na quarta-feira (1º), por volta das 23h20, policiais militares se deslocaram até a Rua Guamirin, onde o solicitante, passou a declarar que ao chegar de seu trabalho percebeu que sua motocicleta Honda/CB 300R, cor vermelha, ano 2014, de placa AVF 1440 de Santa Izabel do Oeste, havia sido furtada da garagem da residência.

No local os policiais constataram que havia sinais no solo de que a referida motocicleta foi levada pelos fundos do terreno da residência da vítima, o qual é aberto e deu acesso ao terreno vizinho e depois a Rua Marfin, por onde fugiu.

A motocicleta foi furtada sem chaves e sem documentos. Os policiais realizaram buscas e informaram a região, porém a moto não foi localizada.

Durante a confecção do Boletim de Ocorrência, a vítima novamente procurou os policiais informando que foi visto nas proximidades da residência, empurrando a motocicleta, um rapaz de pele morena, estatura alta e magro, aparentando uns 25 anos de idade, e que isso teria ocorrido por volta de 19 horas.

Compartilhe: