Fonte: Polícia Civil Capanema

21/02/2017



Desde às 18h30 do dia 19 de fevereiro, domingo, quando a Polícia Civil foi informada de um homicídio no interior do município de Capanema, as investigações começaram a se desenvolver. O Delegado titular da comarca, Bruno Falci Amaral, acompanhado de um investigador de polícia, foram até o local dos fatos com a finalidade de colher o maior número de elementos informativos para embasar o procedimento investigatório.

Foram capturados e conduzidos coercitivamente para a 59ª Delegacia Regional de Policia (DRP) de Capanema três envolvidos na ocorrência delituosa, sendo ratificado pela Autoridade Policial o flagrante delito.

O corpo da vítima fatal foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Francisco Beltrão para a realização do Exame de Necropsia. A linha de investigação desenvolvida pela equipe da Polícia Civil de Capanema baseia-se em três pilares: provas testemunhais, câmeras de segurança do local e perícia técnica através do levantamento do local do crime.

Na segunda-feira (20) foram colhidas inúmeras declarações de testemunhas-chave da investigação criminal, entretanto mais pessoas serão ouvidas ao longo do procedimento, a fim de se levantar a autoria e materialidade delitiva referente ao ocorrido.

Até o momento foram apreendidas duas armas de fogo calibre .22, dez munições calibre .22, um “facão” e dois pedaços de madeira (um de aproximadamente 90 centímetros e outro com aproximadamente 140 centímetros), instrumentos que supostamente teriam sido utilizados no evento criminoso.

As investigações da 59ª DRP de Capanema continuarão nos próximos dias, buscando levantar um conjunto satisfatório de elementos informativos para embasar o posicionamento do Ministério Público da comarca.

Compartilhe: