Fonte: Assessoria Aciar

05/04/2017



O Núcleo da Mulher Empresária de Realeza tem a honra de indicar Terezinha Ferronato de Moraes para ser homenageada na 11º Expofeira Mulher 2017, em Francisco Beltrão, sob o tema “Mulher voluntária – fazer o bem, sem importar a quem”. Têre, é a representação de uma das mulheres empresárias, trabalhadoras e dedicadas a comunidade da cidade de Realeza, temos orgulho de indicá-la para representar a nossa cidade e nossas mulheres!!!

Terezinha Ferronato de Moraes é exemplo de mulher  dedicada a família, aos amigos e a comunidade. Ela não mede esforços para ajudar quem precisa através de diversas atividades que participa.

Nossa querida Tere, nasceu em 03 de Setembro de 1951, na cidade de Francisco Beltrão, onde atuou como Professora durante 5 anos no Instituto Nossa Senhora da Glória.

Após o casamento, Terezinha mudou-se com o marido, Luiz Antonio Gomes de Moraes, para a cidade de Capanema, onde atuou por mais dois anos como Professora.

Ambos decidiram encontrar melhores oportunidades de trabalho na cidade de Realeza. Na época, já grávida de sua primeira filha, Heloise Gomes de Moraes, mudou-se para Realeza em 1975 e abriu uma empresa de agropecuária com foco em alimentação de animais, a Disagrel.

Em 1980, resolveu apostar em um novo segmento, comprou um bazar que ficava no centro da Cidade de Realeza e aos poucos foi adicionando produtos inovadores e expandindo os negócios na pequena e receptiva cidade do Sudoeste do Paraná.

A Casa de Linhas Heluana, vendia produtos para artesões, mas ela já nasceu com um propósito grande expresso pelo slogan “A Loja Escola”. Por meio de diversos cursos como pintura, crochê, tricô, bordado, sua atuação transcendeu as vendas e foi crucial para iniciar a carreira de muitos artesões. Atualmente, já passaram mais de 5 mil alunos de idade entre 8 e 80 anos.

Nesse mesmo ano, a Terezinha teve sua segunda filha, Luciana Gomes de Moraes, persistindo na sua atuação de mãe e esposa amorosa. Ao mesmo tempo, sua dedicação com a comunidade continuou através de atividades que desenvolvia na Igreja Católica, desde 1981 como cursilhista, catequista e palestrante nos cursos para noivos. Já passaram gerações de pais e filhos que receberam os ensinamentos da carinhosa Tere.

Em 1983, Terezinha teve seu último filho, Luiz Alexandre Gomes de Moraes, mas mesmo com diversas atividades em seu domicílio e empresa, não diminui a vontade dela em se doar em benefício do outro.

Em 1984, o casal iniciou as atividades no grupo Rotary Internacional, e em 1987, Terezinha se integrou ao grupo daa Associação das Senhoras Rotarianas de Realeza (ASR), onde já atuou como presidente, protocolo, tesoureira, orientadora setorial e coordenadora distrital na gestão 2014/2016, desenvolvendo projetos de importância para a comunidade.

Terezinha também foi fundadora do Grupo de Apoio Mãos Amigas em Realeza (GAMAR), que iniciou em 2006 com a missão de dar apoio psicológico aos pacientes com câncer e seus familiares.

A empresa não ficou para trás, fruto de trabalho e dedicação, A Casa de Linhas Heluana desde o início fez parte do quadro de membros da Associação Empresarial de Realeza (ACIAR) e com participação em cursos de capacitação como o Empretec, Terezinha relata que teve um grande avanço no sucesso profissional que almejava , conseguindo traçar metas que resultou inclusive na aquisição do terreno e espaço físico de sua empresa (antes alugados).

Terezinha Ferronato de Moraes é mulher, empresária, empreendedora e voluntária. Sua atuação deixa marcas na história da cidade de Realeza e é motivo de admiração e orgulho para todas as pessoas e entidades envolvidas em sua trajetória de dedicação e auxílio no desenvolvimento do próximo e da comunidade. Esposa, mãe, avó dedicada, não mede esforços para todos, atuou como professora de primário, faz parte da Pastoral Familiar há mais de 15 anos,  envolvida com atividades voluntárias na Igreja há mais de 36 anos, no Rotary há mais de 33 anos e em sua empresa há mais de 42 anos, servindo de exemplo para sermos pessoas melhores, preocupadas com o próximo e com a comunidade.

Compartilhe: