Fonte: Redação

25/07/2017


Réu é absolvido de acusação em júri realizado em Realeza


O Fórum da Comarca de Realeza recebeu sessão do Tribunal do Júri nesta terça-feira (25). O réu era acusado de tentativa de homicídio ocorrida há 10 anos.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia 04 de novembro de 2007 num clube de danças em Realeza, Jederson Joan Coletto e Roberson Leseux Cezar, tentaram matar Oclides Gonçalves de Azevedo e Marcio Vanderlei Ribeiro, desferindo tiros contra estes, mas não acertando. E atingindo, por erro na execução, Celito Sarturi.

Durante a tramitação do processo, o réu Roberson Leseux Cezar faleceu, tendo sua punibilidade extinta.

O júri de Jederson foi presidido pelo juiz da Comarca de Realeza, Christiano Camargo. O promotor do Ministério Público, Guilherme Brainer Caetano, pediu a absolvição do réu, devido à falta de provas contra ele. Atuaram na defesa, os advogados constituídos Daniel Penso e Luana Patricia Rabelo Grando.

Por decisão da maioria dos jurados, o réu Jederson Joan Coletto foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio.

Compartilhe: