Fonte: Assessoria UFFS

09/08/2017



Que tal criar alguns games que motivem a aprendizagem dos alunos? É com este objetivo que a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza promove o I Curso de Ferramentas Tecnológicas para Sala de Aula. Voltado para a utilização das ferramentas Kahoot e Flubaroo, o curso foca na educação pela produção de jogos e questionário estilo pergunta/resposta (quiz e desafios) em sala de aula e também ao desenvolvimento de avaliações.

O curso é direcionado a professores e demais profissionais da educação de escolas públicas e particulares. " O objetivo destas tecnologias é tornar as aulas mais dinâmicas, interessantes e divertidas, pela adição de novos recursos à didática em sala de aula. Portanto, o professor precisa se atualizar e conhecer as tecnologias e ferramentas que são desenvolvidas na elaboração de tais atividades. É também papel do professor preparar os estudantes para um mundo digital e conectado", detalha o coordenador do curso, professor Ademir Roberto Freddo.

A atividade, que conta com a parceria do  Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE), será realizada no dia 23 de agosto, das 13h30 às 16h30, no Campus Realeza, no Bloco A, Laboratório 408. O instrutor será o acadêmico de Licenciatura em Informática da UTFPR – Campus Francisco Beltrão, Guilherme Marchesan.

As inscrições são gratuitas e estão disponíveis no site do LIFE: uffsliferealeza.blogspot.com.br/. São ofertadas 25 vagas, sendo 15 para a comunidade acadêmica da UFFS e outras 10 para a comunidade regional.

Sobre o Kahoot e o Flubarro

As ferramentas que serão utilizadas no curso é o Kahoot, que é baseada na gamificação de conteúdos educacionais para criação de quizes digitais. "O professor e os alunos utilizam o celular, tablet ou computador com acesso à Internet para avaliação de conteúdos em sala de aula. É semelhante a um jogo digital em sala de aula", explica Freddo. E a outra é o Flubarro, uma ferramenta utilizada em conjunto com o GoogleForms (Formulários Google), o que possibilita ao professor automatizar a correção de formulários e provas criadas no GoogleForms.

Compartilhe: