Fonte: Assessoria

09/10/2017



Os vereadores de Realeza aprovaram em segunda e última discussão na sessão de segunda-feira, dia 02, o projeto de lei nº 06/17, de autoria do presidente Cláudio de Oliveira (PSD), que acaba com a concessão de diárias aos vereadores e servidores do legislativo.

Segundo o presidente do legislativo, a partir de agora os vereadores e servidores receberão apenas o ressarcimento de despesas durante as viagens realizadas. “Sempre deixei bem claro, desde o início das tratativas desse projeto, que eu não era a favor das diárias, mas sim do ressarcimento, que prevê que o vereador faça sua representatividade nas viagens e obtenha um valor de até 12% do seu subsídio em ressarcimento para as despesas. A Câmara possui um veículo com seguro, pode comprar passagem aérea e de ônibus, e o vereador recebe ainda o ressarcimento”, destaca Cláudio.

O projeto tem como objetivo também dar um bom exemplo diante dos inúmeros casos de mau uso do dinheiro público. “A diária é uma coisa que incomoda, a situação hoje em que o país atravessa, são só maus exemplos políticos, mas nós (vereadores de Realeza) estamos dando exemplo que tem como fazer a coisa certa, junto com os vereadores e servidores estamos passando a limpo as situações e mostrando para a população que tem como fazer mais e melhor. Respeitamos todos os ex-presidentes e ex-vereadores, mas temos que cortar na própria carne, e assim dar sequencia ao trabalho, que o vereador possa ir e vir de cabeça erguida, sendo ressarcido apenas o que ele gastar, com um teto máximo, que reduz as despesas, comparado a diária antiga, em aproximadamente 40%”, salienta Cláudio.

Compartilhe: