Fonte: Assessoria UFFS

09/10/2017



A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) promoveu, na sexta-feira (29), um abraço aos prédios da Instituição. O ato simbólico é para marcar o Dia “D” em defesa das universidades e institutos federais. Em Realeza, a ação aconteceu pela manhã, quando servidores e estudantes reuniram-se no Saguão do Bloco A. O ato de abraço também foi repetido na Biblioteca do Campus Realeza.

O reitor da UFFS, professor Jaime Giolo, explicou a ação: “as instituições públicas de educação superior e os institutos federais, cientes de seu papel estratégico para o desenvolvimento do país e para aprofundar a qualidade da educação, estão buscando apoio social e político na defesa dessa malha institucional que é um enorme patrimônio nacional e um grande ativo garantidor do futuro. Esse abraço que estamos dando é uma manifestação simbólica dessa luta”.

O diretor do Campus Realeza, professor Antonio Marcos Myskiw, fala sobre a participação e apoio também da comunidade regional nesse compromisso. "Tivemos uma reunião, ontem (28), no Conselho Comunitário da UFFS, que reúne diversas entidades da região, e os conselheiros falaram da necessidade do engajamento da comunidade regional pela causa da universidade pública, não só à UFFS, mas as várias instituições da região Sudoeste do Paraná. Diante disso, está sendo desenhado um seminário de debates, envolvendo parlamentares estaduais e federais, para que esses agentes políticos também contribuam com o fortalecimento da educação superior na região", comentou.

Compartilhe: