Fonte: Assessoria - Foto: Ariel Tavares/UFFS

23/11/2017



Acadêmicos e professores dos cursos de Licenciatura em Física, Química, Ciências Biológicas e Letras Português e Espanhol participaram, nos dias 18 e 20 de novembro, da IV Rodas Formativas dos Estágios do Campus Realeza. A proposta do evento é promover momentos de socialização, visando à troca de experiências e saberes construídos nos Estágios Curriculares Supervisionados realizados pelos cursos de Licenciatura, integrando a escola e a Universidade.
 
Promovido pelo Setor de Estágios do Campus Realeza, em conjunto com os coordenadores de Estágios Curriculares Supervisionados dos cursos de Licenciatura, o evento reuniu cerca de 50 trabalhos, entre eles fotografias das aulas ministradas durante os estágios em escolas da região, materiais didáticos, como a confecção de jogos de tabuleiro e outros que ressaltam uma aprendizagem mais lúdica, bem como a apresentação oral das experiências vividas nesta etapa do curso.
 
De acordo com Jackson Luis Martins  Cacciamani, coordenador dos estágios do curso de Química, os acadêmicos apresentaram uma síntese, ressaltando a experiência. "O que chama atenção hoje e encanta é ver que todos os pontos de conexão das licenciaturas passam pela linguagem, sendo um dos pontos mais marcantes que nos unem. Foi apresentada ainda a preocupação em construirmos materiais didáticos que contribuam para o processo de ensinar e aprender de forma mais consistente e a interação com a escola, que ainda precisa ser consolidada. Conseguimos fazer um trabalho coletivo, enfrentando as dificuldades e comemorando as alegrias do processo. Outro ponto é ver o engajamento deles nesse processo de constituição da identidade de professor", explicou.
 
Para a acadêmica do curso de Letras Português e Espanhol, Edilene Gavenda, o processo de partilhar as experiências dos estágios proporciona a observação de novas ideias para aplicar em sala de aula. "Tanto nós passamos para os colegas as experiências que tivemos, os conteúdos que desenvolvemos, as metodologias que usamos, quanto outros grupos passaram isso para nós. Quando vamos para a sala de aula precisamos de novas formas de apresentarmos os conteúdos e o evento ajuda nisso".
 
Uma das experiências de estágio partilhada foi vivida pelos acadêmicos do curso de Ciências Biológicas Jardel Brugalli, Alini de Almeida e Rodrigo Capeletti, que buscaram abordar a temática da agroeducação com uma turma da 7ª Série, no Colégio Estadual Dom Carlos Eduardo. "Apresentamos aos alunos a produção de alimentos orgânicos, além de sensibilizá-los quanto ao uso de agrotóxicos e suas consequências à saúde e ao meio ambiente. Também desenvolvemos a produção de inseticidas naturais, utilizando plantas como urtigão, fumo e a pimenta-do-reino para o combate de pulgões, lagartas e formigas. Os produtos serão utilizados na horta da escola", comentou Capeletti.

Compartilhe: