Fonte: Assessoria

11/02/2019


Amsop irá acompanhar processo de privatização do Corredor Sudoeste


O governo do Estado confirmou que estuda uma proposta de privatização para a PR-280 e a Amsop (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná) pretende acompanhar o processo de concessão da rodovia. O presidente da entidade, Mauro Cenci, disse que a entidade está buscando informações sobre a proposta do Estado e irá tratar da questão junto com a frente parlamentar de rodovias da Alep e lideranças e entidades regionais.

 

“A revitalização e modernização desta rodovia, especificamente, é uma das maiores demandas do Sudoeste. Mas nós vamos acompanhar e buscar a viabilidade de um projeto que concilie as melhorias necessárias com valores de pedágio acessíveis”, ressaltou Cenci. A Amsop pretende discutir o tema em assembleia e montar uma comissão especial com prefeitos de municípios próximos ao Corredor Sudoeste. O trecho possui 280 km e liga Realeza (entroncamento com a BR-163) à Palmas (entroncamento com a BR-153).

 

O anúncio da concessão foi feito pelo governador Ratinho Junior, na semana passada, no Show Rural Coopavel, em Cascavel. Segundo ele, a PR-323 e a PR-092 também estão no pacote de privatização. 

Compartilhe: