Fonte: Assessoria UFFS

31/08/2019


Experiências do curso de Física da UFFS são apresentadas a alunos de Santa Izabel do Oeste
Experiências do curso de Física da UFFS são apresentadas a alunos de Santa Izabel do Oeste


O campo de estudo e pesquisa na área da Física é bastante vasto, passando pela mecânica, eletricidade e magnetismo. Esses diferentes estudos prenderam a atenção de cerca de 100 alunos das Escolas Estaduais do Campo do município de Santa Izabel do Oeste que participaram de atividades na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza. Com apresentação teatral e experiências, os acadêmicos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) mostraram como a Física é dinâmica.

As apresentações foram realizadas na manhã desta quinta-feira (8). Os participantes, alunos do 6º ao 9º anos, com idades entre 11 a 15 anos, envolveram-se nas experiências que trabalharam conceitos básicos de equilíbrio, gravidade, dilatação, eletricidade, magnetismo, entre outros. Em uma delas, os alunos e professores foram convidados a testarem um experimento sobre equilíbrio estático. Para isso, os participantes sentam-se em quatro cadeiras. A disposição dos móveis favorece para que todos apoiem-se uns aos outros, permanecendo em equilíbrio estático, o que permite a retirada das cadeiras. Nenhum dos participantes cai, uma vez que a força peso anulou-se com a força normal, um dos conceitos das Leis de Newton.
 
As dinâmicas propostas buscaram estimular novos aprendizados, conforme destacou o coordenador do PIBID-Física, professor Eduardo de Almeida: “o objetivo é despertar a curiosidade dos alunos, para que fiquem mais motivados a estudarem sobre esses assuntos. As encenações apresentaram alguns cientistas da área da Física e as experiências contribuíram para que isso acontecesse”, explicou.

A diretora da Escola Estadual do Campo Nova Estrela, Janice Tubiana, comentou que a vinda dos estudantes à Universidade também estimula a vontade de ingressar no ensino superior. “Trouxemos alunos de cinco escolas do campo para a UFFS. Além de participarem das atividades lúdicas, eles também conheceram a Universidade, o que pode despertar uma nova perspectiva, como a vontade de fazer um curso superior”, destacou.
 
Também envolvida na apresentação “The Física”, como foi chamada, a professora Ivete Matciuleviz é uma das supervisoras no PIBID-Física e falou sobre a relação entre as escolas e a Universidade. “É uma experiência enriquecedora e um ganho importante participar do PIBID”, comentou. Ainda sobre a apresentação, o objetivo é alcançar outras escolas “na medida do possível, queremos levar essas dinâmicas para outras escolas ou mesmo convidá-las para visitarem a UFFS”, concluiu.

Compartilhe: